Em defesa dos aeroportos da Amazônia

March 1, 2017

Em reunião no Aeroporto Brigadeiro Protásio, em Belém, Pará, no dia 20 de fevereiro, os operadores de aeronaves, táxis aéreos, a Associação Brasileira de Táxis Aéreos e autoridades debateram o destino do sítio aeroportuário administrado pela INFRAERO, sendo que as partes deverão elucidar a questão. O encerramento das atividades do aeródromo, onde acontecem mais de 12 mil movimentos anuais, principalmente das aeronaves de táxis aéreos, que são os responsáveis pelo transporte de enfermos, numerário, malotes, documentos, autoridades, integrando centenas de destinos na região, sempre foi motivo de especulação, cujos rumores aumentaram ultimamente. Os motivos seriam voltados aos interesses de setores imobiliários. Enquanto isso, os discursos praticados em defesa da própria Amazônia são contraditórios, pois enquanto todo o país brada por sua proteção, os próprios amazônidas não se atentaram à importância de defender seus meios de integração.

 

 

Please reload

Featured Posts

Saber Direito Responde - Direito Aeronáutico

February 21, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Follow Us
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic
Search By Tags
Please reload